AlinaSitsWallpaper800x600

Se existe uma sapatilha de ponta diferente de todas as outras, esta é a Gaynor Minden. Não digo isso por experiência própria, pois ainda não tive a oportunidade de calçar uma. Digo isso porque, em questão de tecnologia, é uma sapatilha inovadora. Ela é feita com elastômero, enquanto as demais ainda possuem materiais rústicos, como papel, gesso, couro e outros.

Seu diferencial não diz respeito apenas à tecnologia. A GM é uma empresa que sabe vender seu produto como nenhum outro fabricante de sapatilhas de ponta. Das pesquisas científicas à contratação de bailarinas como garotas-propaganda, sua abordagem é sempre inovadora, tendo como objetivo fim o conforto e a prevenção de lesões. Não é à toa que 9 entre 10 bailarinas desejam uma GM.

Além disso, há uma série de outras vantagens. É uma sapatilha mais silenciosa, conferindo maior leveza à performance no palco. Não há modelos pré-fabricados, pois cada medida do pé é considerada (vide abaixo), com um total de 2.591 modelos individuais disponíveis. Possui maior durabilidade e é uma sapatilha visualmente mais delicada.

 

Como comprar uma Gaynor Minden

Comprar uma sapatilha de ponta pode ser o pesadelo inclusive para bailarinas profissionais. São inúmeras as tentativas até conseguirmos o ajuste perfeito. Tanto que raramente encorajo a aquisição por meio da internet. Além de aumentar o risco de lesões, ainda podemos jogar dinheiro fora. Por isso, sempre procure adquirir sua nova sapatilha à moda antiga. No Brasil, há dois representantes da GM: a Ponta Firme, com filiais em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Joinville; e a Mundo Dança, no Rio de Janeiro. Ambas oferecem a possibilidade de compra pela internet, mas isso só é aconselhável se você já sabe qual é a numeração correta de sua GM.

Caso você não faça a mínima idéia da correta numeração, a GM desenvolveu uma estratégia muito interessante para auxiliar estudantes e profissionais na escolha da sapatilha. Na seção de compras do site, clique no link “Let Us Fit You” e aparecerá um formulário minucioso com informações detalhadas sobre as medidas de seus pés, peso, altura, tempo de treinamento em pontas, utilização de protetores, problemas anatômicos, etc. O mais interessante e importante  é o preenchimento de um chart quadriculado, no qual você deverá fazer o desenho preciso do contorno dos seus pés, respeitando as instruções. Nele, todas as medidas das distâncias e circunferências mínimas de cada pé são calculadas, trazendo informações importantes para que os fitter specialists da GM possam indicar a melhor sapatilha para você. Há também a possibilidade de enviar fotos de cada um dos pés, mas isto é opcional. E não se esqueça de identificar o número de sua ordem de compra (que será enviado por email, após a finalização do processo) no formulário. Assim, eles identificam facilmente as informações das medidas dos pés com a compradora.

Meu pezinho de "Cinderela" :oP

Meu pezinho de "Cinderela" :P

Adquiri minha GM esta semana. E desde já, esclareço que preencher todo o formulário é muito trabalhoso. Para quem tem dificuldades com a língua, considero uma atividade ingrata. Além disso, todas as medidas devem ser dadas pelo sistema imperial. Mas o esforço vale à pena! Em menos de duas horas após a compra, a fitting specialist Molly Davidson já havia indicado a numeração da minha GM: 10N/4-121-22. Um número que deverei guardar para o resto da minha vivência como bailarina, caso não ocorram grandes modificações anatômicas nos meus pés.

A questão do envio de sua sapatilha também deve ser considerada. A entrega em território americano ocorre em até dois dias úteis, caso sua numeração esteja em estoque. Para entregas internacionais, não há estimativa de tempo. No meu caso, tive a sorte de um amigo que mora lá trazê-la em sua vinda para o Brasil ainda esta semana.

Embora ocorra certa demora para entregas internacionais, ainda assim considero vantajoso adquirir sua GM pelo site. Sua compra deverá custar aproximadamente R$ 200,00. Nas lojas, uma GM chega a passar dos R$ 400,00 devido à incisão de impostos e o lucro do distribuidor.

Mas poxa! 200 reais numa sapatilha é caríssimo!” Concordo em gênero, número e grau. Mas quem comprou garante que o investimento vale à pena.

 

Como utilizar sua Gaynor Minden

Devido a toda essa estrutura e tecnologia, a sapatilha GM só poderia ser uma das mais caras do mercado. Mas o custo-benefício compensa. Sua durabilidade é muito maior que a das demais sapatilhas, exatamente porque é feita com elastômero.

Duas colegas de turma me contaram que suas GMs já vão completar dois anos de uso. Recentemente, comprei dois modelos super-reforçados Nikiya da Cecília Kerche Só Dança que não duraram dois meses cada. Cada par custou cerca de 80 reais.

Uma sapatilha GM não deve ser quebrada e nem amolecida. Ao contrário, ela poderá ser moldada aquecendo-se o elastômero com secador. Já está sentindo a sapatilha “no chão”? Nada de jogá-la no lixo! Secador nela pra moldá-la e endurecê-la novamente. 

Há várias maneiras de incrementar a utilização de sua GM. Todas elas podem ser encontradas no Manual para Ajuste da Sapatilha de Ponta, uma tradução que fiz do manual deles especialmente para minhas leitoras. Ele também poderá ser encontrado em nossa nova seção Downloads. Vale lembrar que é uma tradução não autorizada somente para fins de consulta. Além disso, alguns termos não podem ser traduzidos por uma questão de patentes.

Por falar nisso, a GM renovou recentemente a patente desta sapatilha. Esse é o principal motivo pelo qual os demais fabricantes não podem utilizar a mesma tecnologia em suas marcas.

Quem decidir comprar uma GM pelo site e tiver muita dificuldade ou dúvidas sobre o formulário, podem mandar um email para pontaperfeita@gmail.com. Terei o maior prazer em ajudá-las! E não esqueçam de colocar no carrinho uns bibelôs bailarinísticos, como pôsteres e imãs de geladeira. São de graça!

Quando minha GM chegar, volto pra contar como foi a experiência.

About these ads